Ficção | 404 Páginas | Editora Galera Record | 2014 | Classificação: 4/5.
Sinopse: Celaena Sardothien, a melhor assassina de Adarlan, tornou-se a assassina real depois de vencer a competição do rei. Mas sua lealdade nunca esteve com a coroa. Tudo  que deseja é ser livre - e fazer justiça. Enquanto a amizade entre ela e o capitão Westfall cresce cada vez mais, o príncipe Dorian se afasta, imerso em seus próprios dilemas e descobertas. A princesa Nehemia se torna uma conselheira, mas sua atenção está mais voltada para outros assuntos. Em Adarlan, um segredo parece se esconder por trás de cada porta trancada, e Celaena está determinada a desvendar todos eles para proteger aqueles que aprendeu a amar. Mas o tempo é curto, e as ameaças ao redor do castelo de vidro estão cada vez mais próximas.
*Pode conter spoiler do primeiro livro – Trono de Vidro.*
Após vencer a competição, finalmente Celaena é a campeã do Rei. Mas isso trouxe muitos problemas, alguns que podem até colocar sua lealdade à coroa em questão. Agora, distante do príncipe Dorian, a assassina real se aproxima cada vez mais de Chaol – o capitão. Além das responsabilidades do novo emprego, ela tem que descobrir como as coisas andam em relação à magia, Elena, as marcas de Wyrd e seu colar – o olho de Elena – que tem brilhado em alguns momentos. Adicionando a tudo isso uma pitada de romance. Celaena deve superar o fantasma de Sam – seu ex –, que com ele traz medos e inseguranças que a assustam, e aprender a amar novamente e se entregar. 

"O resto do mundo se calou até virar nada. Naquele momento, depois de dez longos anos, Celaena olhou para o capitão e percebeu que estava em casa." 

Nesta trama, o desenrolar do livro nas primeiras páginas foi um pouco mais lento, mas tinha certeza que o fim valeria à pena – e de fato valeu. Em relação ao primeiro livro, este teve mais cenas de ação, lutas, sangue e a verdadeira assassina de Adarlan finalmente apareceu! Isso ajudou bastante. Também teve um toque a mais de suspense para descobrir quem de fato estava armando contra o Rei, e o que o Rei estava preparando para ataque. Sim, como eu sempre falo, a evolução da autora é visível, assim como a construção e maturação de alguns personagens também. Vemos um lado mais íntimo e pessoal da assassina, mas também vemos até onde ela é capaz de ir caso seja provocada, e foi disso que senti falta no primeiro livro que acabei encontrando no segundo.

"– Não sei se eu deveria sentir vergonha por querer ter você nos braços neste dia ou gratidão porque, apesar do que aconteceu até agora, foi isso que, de alguma forma, me trouxe até você."

Encontramos neste volume um aprofundamento acerca de outras criaturas, marcas e magia que ainda espreita não só Adarlan, mas em toda Erilea. Alguns pontos importantes do passado de Celaena são revelados, e há uma forte premissa deixada para o terceiro livro que me deixou bem interessada pelo próximo volume, desconsiderando as partes cansativas que se arrastou em algumas momentos da leitura de Coroa da Meia-Noite.

A amizade de Celaena e Nehemia foi um ponto abordado de forma inteligente e criativa, e gostei do objetivo dela, apenas questionei o desenrolar. É uma construção extremamente importante, apesar de que a amizade das duas não me conquistou completamente. Poderia ter sido abordada de forma mais profunda e significativa, considerando a relevância para a história.

"O beijo a desnorteou. Era como voltar para casa ou nascer ou subitamente descobrir uma metade de si que estava faltando."

O triangulo Celaena, Dorian e Chaol foi algo que me incomodou. Um romance na história é algo que considero bastante, porém não é qualquer romance. Deve ser bem construído e abordado, e foi disso que senti falta. No primeiro livro vemos Celaena apaixonada por Dorian, e com a mesma rapidez que tudo acontece, tudo acaba. Já no segundo livro vemos a completa e total indiferença da assassina em relação ao príncipe, e se envolvendo com outro. E eu fiquei me perguntando: como assim?! Em um momento ela estava apaixonada por um, em outro momento não estava mais, e um pouco depois já estava louca por outro. Cadê a construção sutil de tudo isso? Como se tivesse pulado partes importantes e apressado a história do relacionamento dela com eles.

"Com um silêncio sobrenatural, a mulher se agachou diante de Cova e ergueu o queixo dele com a outra adaga, o homem ofegava quando ela aproximou o rosto. Não havia nada sob o capuz – nada daquele mundo. A assassina não tinha rosto."

Então, a Sarah investiu em ação, aventura e suspense neste livro, e com certeza foi muito feliz. Mas no quesito relacionamento – amizade e romance – a construção foi muito insuficiente, infelizmente. Mas sim, tiveram momentos fofinhos que me deixaram sorrindo. O livro é digno de quatro estrelas, e eu sei que vocês já devem estar cansados de tanto me ver falar da escrita e criatividade dela, mas isso conta muito em um livro. Então até as partes arrastadas da leitura são simples, pois a narração é fácil de acompanhar. Quero muito ler o terceiro volume, pois andei vendo alguns spoilers e a história ganhará uma estabilidade maior em relação a protagonista e seus relacionamentos, ela descobrirá muito mais sobre si mesma e pontos importantes que ainda estão pendentes serão mais bem destrinchados.

"Algumas coisas você escuta com os ouvidos, outras, você escuta com seu coração."

O fim do livro vale muito à pena, me surpreendeu bastante e me deixou muito animada para continuar a leitura. Então, sim, eu super indico! Vai sem medo, passa por algumas partes arrastadas sabendo que tem muita, muita coisa boa pela frente!

Vocês já conheciam esse livro? Ficaram curiosos para ler? Espero ter ajudado a esclarecer algumas dúvidas. Você pode comprá-lo aqui: Amazon | Saraiva | Submarino.


4 Comentários

  1. Eu já conheço muuuuuito essa série por causa dos blogs.
    Mas eu nunca li nenhum volume ainda.
    Tenho muita curiosidade em ler, mas preciso adquirir os livros hahaha.

    Tenha uma excelente semana.

    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma série realmente muito boa, sou uma grande fã da escrita da autora. É maravilhosa. Super vale à pena! <3 Beijos, ótima semana!

      Excluir
  2. Ainda não conhecia o livro, mas fiquei curiosa real! Pelo que você disse, a autora conseguiu conduzir a história muito bem apesar do problema com os relacionamentos e isso me deixou bastante interessada. Adorei a resenha!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, mas o foco dos livros não é o relacionamento. Então vale à pena investir nessa série. Já estou surtando para ler o terceiro livro, e quando eu ler posto resenha aqui para vocês ficarem atualizados sobre os níveis das continuações. Beijão!

      Excluir